Falando com pais (30/06)

Publicado 30 de junho de 2021

Lembro-me, ainda criança, de observar todos os dias meu pai lendo o jornal da cidade na cozinha e de me deitar no colo da minha mãe, grávida do meu irmão caçula, para ouvi-la ler histórias. Na infância e adolescência, os livros da coleção Vaga-Lume eram presença constante na cabeceira da minha cama e minhas visitas à Biblioteca Municipal tornavam-se cada vez mais frequentes. Já no Ensino Médio, depois de assistir a uma peça teatral, apaixonei-me por Dom Casmurro, de Machado de Assis, e por poesias.

Enquanto eu crescia e ampliava meu repertório de leitura, meu pai continuava a ler, diariamente, o jornal local e minha mãe permanecia envolvida em suas narrativas.

Hoje sou mãe e, por vezes, assim como grande parte dos pais, queixo-me de que meus filhos poderiam ler mais.

Baseada nessa queixa quase universal poderíamos, neste texto, discutir o porquê dessa pouca leitura e, inclusive, culpar a tecnologia e as redes sociais. Entretanto não é esse o nosso objetivo. Nossa intenção é pensarmos estratégias para que o hábito da leitura seja resgatado em nossas famílias e oferecer algumas dicas para que isso aconteça.

Em primeiro lugar, descubra o seu gênero favorito. Cada um tem um estilo de livro que goste de ler: clássicos, romances, ficção… Talvez você não seja muito chegado em leitura justamente porque ainda não fez essa descoberta.

Outra dica valiosa é não insistir se não estiver gostando. Da mesma forma que paramos de assistir a uma série ou trocamos de música quando não gostamos, não faz sentido insistir numa leitura que não nos cativa. Obviamente, a exceção aqui fica para os livros que são leitura obrigatória para provas e vestibulares. Estes exigem um esforço maior por conta do objetivo final a ser alcançado.

Leitura é treino e fazer com que se torne um hábito exige empenho, dedicação e persistência. Por isso, reserve um tempo diário para leitura. Não é necessário ler um livro inteiro por semana. O importante é ter uma rotina e desligar-se dos smartphones neste momento.

Participar de um Clube do Livro ou ler em família também podem ser boas estratégias, pois além de divertir e informar, aproximam as pessoas e possibilitam o compartilhar de ideias e sentimentos.

Por fim, aos pais fica a dica extraída de um antigo provérbio atribuído a Confúcio: “As palavras ensinam, mas os exemplos arrastam”.

Download Best WordPress Themes Free Download
Download Premium WordPress Themes Free
Download Best WordPress Themes Free Download
Download Nulled WordPress Themes
online free course
download coolpad firmware
Free Download WordPress Themes
udemy free download